Team Bianchi Prata


Depois do Dakar…Novidades 2015

No arranque de mais uma temporada de campeonato nacional de Enduro, a equipa de Pedro Bianchi Prata surge com bastantes novidades neste seu regresso ao ‘paddock’ da modalidade onde o piloto do Porto deu os seus primeiros passos no início dos anos 90 do século passado. Neste início de 2015 a equipa surge com as cores da Honda e com um leque de pilotos que vão levar as cores dos seus patrocinadores desde o Enduro ao Todo-o-Terreno e Motocross.

‘É um grande desafio esta nova etapa do Team Bianchi Prata, no nacional de Enduro vamos prestar apoio logístico e de direcção de equipa ao Raposeira Racing Team e com a grande novidade de as motos usadas serem Honda. É uma grande satisfação a Honda Portugal acreditar no nosso projecto e para mim um grande prazer poder treinar e aconselhar dois jovens pilotos com um potencial de progressão muito grande, vai ser um ano de muito trabalho, pois o objectivo são lugares de pódio.’

Depois do título na Taça do Mundo de Bajas conquistado no ano passado Rita Vieira aposta forte na temporada 2015 e o seu ano desportivo começa precisamente no Enduro de Góis aos comandos da Honda CRF 250F.

‘O meu objectivo para o campeonato nacional de enduro é ganhar a classe feminina e sobretudo fazer um bom lugar à geral na tabela classificativa, sei que ainda tenho muito para aprender e evoluir e vou trabalhar para isso. Relativamente a esta prova o meu principal objectivo é acabar com um lugar no pódio, uma vez que ainda estou em fase de adaptação à moto e recuperação do pulso.’

A jovem piloto do Porto conta com o seu irmão – campeão nacional de trial em 2014 – como companheiro de equipa, ele que dá igualmente ordem de partida à sua época na prova beirã numa modalidade que conhece como praticante mas não no formato competitivo de um campeonato nacional.

‘Nesta prova o meu objectivo é simplesmente acabar e ver o ponto em que estou e o que preciso de trabalhar para a próxima prova. Em relação ao campeonato o meu objectivo é ficar o melhor classificado possível e nas últimas provas estar em luta pelas vitórias. Sei que não será fácil pois estou numa classe muito competitiva e tenho ‘zero’ experiência de enduro a este nível. Mas este ano tenho reunidas todas as condições para evoluir. Quero agradecer aos patrocinadores o apoio.

Uma nova época que agora se inicia em solo nacional, depois de um ano que arrancou na América do Sul onde a equipa apoiou quatro pilotos nas pistas do Dakar. Na prova mais importante do calendário internacional de TT a equipa ajudou dois pilotos a estarem no final da competição depois de um deles ter abandonado devido a queda e outro ter ficado no deserto numa zona de onde não conseguiu saír sem ajuda.

‘Foi uma prova muito dura mas onde mostramos o potencial e capacidade de poder ser uma estrutura fornecedora de serviços a pilotos. Fizemos tudo para estar com todos os pilotos no final mas isso foi impossível mas as corridas são mesmo assim. Foi um trabalho importante para nós e onde o empenho do Jordi Mera e do Nelson Silva foi muito importante ao longo de todos os dias de corrida, sem esquecer o apoio do Marco Reis que ajudou a preparar tudo ainda em Portugal.’

Agora é tempo de pensar no nacional de Enduro, a primeira de muitas provas em que a equipa vai marcar presença em 2015.

Fonte: Hype Communications

 

Mais info aqui..! Visite, marque o “Gosto/Like” no topo da página e divulgue-a junto da sua lista de amigos. Assim, enquanto procurarmos levar a sua informação mais longe e a um número maior de pessoas, poderá ver o seu “logo de perfil” aparecer, aleatoriamente, nas páginas principais do TTVerde..!

Informação e divulgação gratuita de eventos e actividades dentro do espírito TTVerdePT, conforme as nossas condições gerais de divulgação.  Rejeitamos a responsabilidade pelas informações e material gráfico disponibilizados por terceiros. Este site não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente, publicando os textos conforme as preferências dos seus autores.