Nacional Montanha – J. Barbosa

Joana Barbosa esperançada para Murça

Depois de os últimos resultados terem sido positivos, Joana Barbosa prepara-se para mais uma etapa do Campeonato Nacional de Montanha, desta vez em terras transmontanas.

A Rampa Porca de Murça, agendada para os dias 5 e 6 de Julho, deverá ser de confirmação e afirmação para a piloto de Braga que tem dado bem conta de si nesta competição onde é estreante.

Nesta altura, Joana Barbosa é terceira classificada na Categoria 1, onde está inscrito o seu Abarth 500, e já venceu por duas vezes o Grupo A. Por isso, não esconde a expetativa para mais esta etapa: “Estou bastante entusiasmada com esta quarta prova do Campeonato Nacional de Montanha”, começa por referir a jovem piloto, sublinhando: “Apesar ser a minha estreia neste traçado, estou curiosa para saber o meu desempenho uma vez que esta á uma das «Clássicas» provas da Montanha em Portugal, sendo por isso, também, uma das provas mais queridas de alguns pilotos”.

Sem colocar a fasquia muita alta, como é seu costume, Joana Barbosa prefere alinhar pelo pensamento de se: “Divertir ao máximo, em primeira linha, mas sempre com o objetivo também de dar o meu melhor e chegar à melhor classificação possível”, concluiu.

O programa desta Rampa Porca de Murça começa com as subidas de treinos oficiais às 09h30 do dia 6 de Julho, a que se seguem as três subidas de prova oficiais com início agendado para as 11h30.

Fonte: Pressmotors

 

 

Mais info aqui..! Visite, marque o “Gosto/Like” no topo da página e divulgue-a junto da sua lista de amigos. Assim, enquanto procurarmos levar a sua informação mais longe e a um número maior de pessoas, poderá ver o seu “logo de perfil” aparecer, aleatoriamente, nas páginas principais do TTVerde..!

Informação e divulgação gratuita de eventos e actividades dentro do espírito TTVerdePT, conforme as nossas condições gerais de divulgação.  Rejeitamos a responsabilidade pelas informações e material gráfico disponibilizados por terceiros. Este site não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente, publicando os textos conforme as preferências dos seus autores.