Motocross e Supercross 2014

MotoRace  com Hugo Basaúla, Diogo Graça e Luís Outeiro na temporada nacional de 2014

 

A MotoRace dará continuidade à parceria com a Kawasaki Portugal na temporada de 2014 dos “Nacionais” de Motocross e Supercross, tendo como principal novidade o regresso do conceituado piloto português Hugo Basaúla ao seio da equipa de Torres Novas e às máquinas verdes japonesas.  Por sua vez, os jovens Diogo Graça e Luís Outeiro darão continuidade ao seu percurso evolutivo na estrutura.

Focada na temporada de 2014, a MotoRace e a Kawasaki promovem uma união de força para assaltar os lugares da liderança das competições nacionais. Aos comandos de uma  KX450F, Hugo Basaúla procurará conquistar os títulos de Motocross nas categorias MX1 e Elite, bem como defender o estatuto de Campeão nas mesmas categorias, mas na vertente de Supercross. Diogo Graça mantém o uso da KX250F, em busca do título de Motocross Júnior, enquanto o “pequeno” Luís Outeiro sobe oficialmente à classe de Iniciados ao passar a tripular a KX85.

Estamos muito satisfeitos por poder dar continuidade a um trabalho que muito nos motiva. A parceria com o Grupo Multimoto faz com que tenhamos todas as condições propícias ao bom desempenho dos nossos pilotos, especialmente no que diz respeito às potentes Kawasaki, como também aos diferentes produtos com que são equipadas. Acreditamos que 2014 vai ser um ano de sucesso”, referiu Nuno Carvalho, responsável pela equipa torrejana.

No calendário de 2014 a MotoRace Kawasaki regista o Campeonato Nacional de Motocross e Supercross, bem como algumas provas de âmbito regional. A nível internacional, poderá ser ainda possível a participação no Campeonato de Motocross de Espanha, bem como no “Europeu” da modalidade.

 

Fonte: Hugo Oliveira Santos

 

 

Informação e divulgação gratuita de eventos e actividades dentro do espírito TTVerdePT, conforme as nossas condições gerais de divulgação.  Rejeitamos a responsabilidade pelas informações disponibilizadas por terceiros. Este site não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente, publicando os textos conforme as preferências dos seus autores.