Rali TT Serras do Norte

Nuno Matos (3°) no “lugar certo” para enfrentar a segunda e decisiva etapa do Rali TT Serras do Norte


• Líder do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno (CPTT) garantiu esta tarde a terceira marca absoluta nas duas passagens pela Super Especial (10,3 km) que abriu as hostilidades da prova organizada pelo Motor Clube de Guimarães

• Piloto de Portalegre considera ideal a posição em que vai largar para a decisiva etapa de amanhã, composta por duas passagens a um Setor Seletivo de 120 km, com início agendado para as 9h20 deste sábado

Garantindo por duas vezes o terceiro melhor tempo absoluto no percurso de 10,3 km que o Motor Clube de Guimarães delineou em parte da classificativa da Lameirinha – por várias vezes utilizada no antigo figurino mundial do Rali de Portugal -, Nuno Matos e Filipe Serra concluíram o primeiro dia competitivo do Rali TT Serras do Norte no terceiro lugar da geral provisória, embora a apenas 18s da liderança.

Num percurso bastante técnico e algo escorregadio, mas que o atual líder do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno classificou de “espectacular e muito divertido”, tudo acabou por correr de feição ao piloto do Astra Proto, sobretudo tendo em conta a ordem de partida que mais lhe convinha para enfrentar a mais longa e decisiva etapa do rali:

Apesar das diferenças finais terem sido relativamente curtas, confesso que estou naquela que é, para mim, a posição ideal para enfrentar a etapa de amanhã. De facto, ao ser o terceiro carro a largar para a pista, poderei controlar melhor a minha prova e a dos meus adversários mais diretos, o que para mim é uma importante vantagem“, admite Nuno Matos.

De resto, e confirmando as impressões recolhidas na véspera, o piloto de Portalegre mostrou-se “extremamente satisfeito” com o comportamento do seu Astra Proto nesta Super Especial realizada em Fafe, situação que, desde logo, abre ótimas perspetivas ao primeiro vencedor do ano neste regresso do Rali TT Serras do Norte ao calendário principal da modalidade.

Sabemos que vai ser muito difícil repetir a vitória do Algarve, mas estamos muito motivados e confiantes no potencial do nosso carro, pelo que vamos lutar até ao fim para sairmos daqui com o máximo de pontos possível para o Campeonato“, promete Nuno Matos, determinado em confirmar o seu quarto pódio absoluto nas últimas seis provas disputadas em Portugal.

Vamos tentar andar rápido mas certinho, procurando apenas ter alguma cautela em certas zonas do percurso. Trata-se de um setor seletivo algo curto, com apenas 120 km de extensão, pelo que é preciso cuidado para evitar furos que comprometam o resultado final“, conclui o piloto.

 

 


Informação e divulgação gratuita de eventos e actividades dentro do espírito  TTVerdePT.  Declinamos qualquer responsabilidade referente a elementos publicados e que nos sejam disponibilizado por terceiros.
Este site também não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente, pelo que publica os textos conforme as preferências dos seus autores.