Campeonato Espanha de GT

Veloso Motorsport consegue dupla vitória no Algarve!



Foi com uma espectacular exibição dos seus pilotos, Patrick Cunha e José Ramos, que a Veloso Motorsport saiu do Autódromo Internacional do Algarve, com os louros do triunfo em ambas as corridas do Campeonato de Espanha de GT, competição que lideram isolados.

Num fim-de-semana onde as condições meteorológicas se mantiveram inconstantes, dificultando ao máximo a vida dos pilotos, Patrick Cunha e José Ramos estiveram a um nível muito elevado, dominando a seu bel-prazer a categoria GTS do Campeonato de Espanha de GT, vencendo mesmo à geral na segunda das duas corridas, colocando sempre o Lamborghini Gallardo LP600+ na luta pelas primeiras posições e mais importante ainda, no comando absoluto desta competição.

 

Não poderíamos ter começado melhor a nossa participação nesta competição. Conseguimos um andamento de excelente nível, que nos permitiu rodar sempre muito rápido e nos primeiros lugares em termos absolutos, o que é notável e diz bem do bom trabalho efectuado pela Veloso Motorsport. A alternância entre chuva e seco, foi sempre um facto que nos condicionou, mas que penso termos conseguido tomar as decisões mais correctas. Tenho pena de não termos conseguido vencer à geral na corrida de sábado, mas uma penalização deitou tudo a perder e terminamos na segunda posição, nunca estando em causa a nossa vitória na categoria GTS, o nosso principal objectivo. Este Domingo tudo correu de uma forma perfeita. ” Sintetizaram Patrick Cunha e José Ramos.

Confirmou-se que este seria um fim-de-semana de muito trabalho para a dupla do segundo Lamborghini Gallardo LP600+ da Veloso Motorsport. Com efeito Jorge Queiroz e Pépé, ainda em fase de adaptação ao potente carro italiano, rodaram de uma forma consistente, acumulando muitos quilómetros e acima de tudo conseguindo ganhar mais experiência, factores fundamentais para a evolução desta equipa.

“Terminamos as duas corridas e cumprimos plenamente os objectivos que delineamos para este fim-de-semana. Correr no seio deste enorme grupo de carros super competitivos não é nada fácil, pelo que estamos muito satisfeitos não só porque conseguimos tempos interessantes, mas também porque não tivemos desta vez problemas de maior. Queremos continuar a evoluir, estamos confiantes que o vamos fazer e por isso já ansiosos pelas próximas corridas.” Referiram Jorge Queiroz e Pépé.

Representando a Veloso Motorsport na categoria GT Light, Joffrey Didier e Angela Negrão, não tiveram um fim-de-semana fácil com o Lotus Evora GT4. Sem outros objectivos, que não os de demonstrar a competitividade do Lotus e de proporcionar à “rokkie” da equipa, mais quilómetros em ambiente de corrida, esta dupla não foi bafejada pela sorte, sendo forçada a abandonar a primeira das duas corridas.

 

Não correu lá muito bem esta primeira jornada do Campeonato Espanhol, conseguimos mostrar um bom andamento, particularmente na corrida de sábado, onde só uma roda que ameaçava sair, depois de trocarmos de pneus de chuva para pneus de seco, nos impediu de conseguir finalizar a corrida. No Domingo conseguimos rodar bastante mais e fazer mesmo o melhor tempo entre os carros da categoria GT Light. Estamos no bom caminho, conseguimos evoluir aos poucos e é isso que nos faz acreditar que estaremos melhor lá mais para a frente.” Afirmaram Joffrey Didier e Angela Negrão.

Integrados na equipa da Veloso Motorsport para esta prova, mas a competir no seio dos concorrentes do International GT Open, o conceituado Peter Kox e Nico Pronk tiveram uma prestação de altos e baixos ao volante de um Lamborghini Gallardo LP600+. Um acidente na ronda de sábado deitou por terra as possibilidades de conseguirem um bom resultado. No Domingo, a segunda posição conseguida na qualificação cedo se transformou em primeira posição na corrida, com esta dupla a liderar durante as primeiras voltas, antes de cair alguns lugares, para finalizar a prova na sétima posição.

 

Classificações / Campeonato de Espanha de GT 2012 – Algarve:

Classificação Final – Corrida 2:
1º Patrick Cunha/José Ramos – Lamborghini Gallardo LP600+, 27 voltas em 52m34s556 (1º Cat. GTS)
2º Manuel Gião/Carlos Vieira – Audi R8 LMS Ultra, a 41s358
3º Miguel Amaral/Miguel Castro – Porsche 997 GT3 RSR, a 1 volta

13º Jorge Queiroz/”Pépé” – Lamborghini Gallardo LP600+, 3 voltas (4º Cat. GTS)

N.C. – Joffrey Didier/Angela Negrão – Lotus Evora GT4, a 7 voltas

Classificação Final – Corrida 1:
1º Miguel Ramos/Raffaele Giammaria – Ferrari 458 GT Italia, 35 voltas em 1h12m12s401
2º Patrick Cunha/José Ramos – Lamborghini Gallardo LP600+, a 4s077 (1º Cat. GTS)
3º Manuel Gião/Carlos Vieira – Audi R8 LMS Ultra, a 1 volta

8º Jorge Queiroz/”Pépé” – Lamborghini Gallardo LP600+, 2 voltas (4º Cat. GTS)

N.C. – Joffrey Didier/Angela Negrão – Lotus Evora GT4, a 26 voltas

Grelha de Partida 1:
1º Miguel Ramos/Raffaele Giammaria – Ferrari 458 GT Italia, 1:44s319
2º Miguel Amaral/Miguel Castro – Porsche 997 GT3 RSR, 1:44s926
3º Cesar Campaniço/Mikko Eskelinen – Audi R8 LMS Ultra, 1:45s424 (1º Cat. GTS)
4º Patrick Cunha/José Ramos – Lamborghini Gallardo LP600+, 1:45s479 (2º Cat. GTS)

9º Jorge Queiroz/”Pépé” – Lamborghini Gallardo LP600+, 1:47s960 (5º Cat. GTS)

16º Joffrey Didier/Angela Negrão – Lotus Evora GT4, 1:55s564 (2º Cat. GT Light)

Grelha de Partida 2:
1º Patrick Cunha/José Ramos – Lamborghini Gallardo LP600+, 1:44s735 (1º Cat. GTS)
2º Miguel Ramos/Raffaele Giammaria – Ferrari 458 GT Italia, 1:45s361
3º Manuel Gião/Carlos Vieira – Audi R8 LMS Ultra, 1:45s674

9º Jorge Queiroz/”Pépé” – Lamborghini Gallardo LP600+, 1:49s830 (4º Cat. GTS)

16º Joffrey Didier/Angela Negrão – Lotus Evora GT4, 2:39s564 (3º Cat. GT Light)

Classificação do Campeonato de Espanha de GT:
1º Patrick Cunha/José Ramos – 40 Pontos (1º Cat. GTS)
2º Manuel Gião/Carlos Vieira – 32 Pontos
3º Miguel Amaral/Miguel Castro – 22 pontos

10º Joffrey Didier/Angela Negrão – 6 pontos (3º Cat. GT Light)

15º Jorge Queiroz/”Pépé” – 2 pontos (6º Cat. GTS)


Texto|RaceSpirit
Fotos|Oficiais


Informação e divulgação gratuita de eventos e actividades dentro do espírito  TTVerdePT.  Declinamos qualquer responsabilidade referente a elementos publicados e que nos sejam disponibilizado por terceiros. Este site não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente.