Etapa #2 Rali TT Estoril Marraqueche – Ruben Faria

Após cumprir os dois primeiros dias do Estoril-Marrakech Ruben Faria ocupa a
quinta posição aos comandos da sua KTM Rallye 690, da qual se despede nesta
prova.

NO ESTORIL-MARRAKECH
RUBEN FARIA É QUARTO CLASSIFICADO

Depois de ter sido terceiro classificado no final do dia de ontem, que levou a
caravana do Estoril até Portimão, o piloto algarvio realizou hoje ambas as
especiais no sul do país apostado em perder o minimo de tempo para os seus
adversários.

“Sabia que as especiais de hoje, especialmente a mais extensa, eram muito
complicadas para a minha moto face ás 450 da concorrência, por isso a opção era
não perder muito tempo.”

Com uma neutralização que originalmente não estava prevista Ruben partiu ainda
mais em desvantagem devido à enchimento total dos depósitos de combustível da
sua moto. “Que era uma das minhas apostas para minimizar as diferenças hoje. Sem
necessitar de parar para reabastecer podería equilibrar a balança, mas essa
neutralização deixou-me não só com a moto maior no grupo de frente mais
igualmente com a mais pesada.”

Ruben Faria enfrentou os cerca de 190 quilómetros da especial com alguma
dificuldade acrescida e no final da especial os pouco mais de três minutos
perdidos para o vencedor da especial espelharam o empenho de Faria em perder
pouco terreno para a concorrência.

“Ataquei forte, mesmo! Sabia que era muito complicado bater as 450 mas tinha que
me manter o mais perto possivel. Andei depressa quando o consegui e acima de
tudo consegui navegar muito bem o que foi importante num dia marcado por uma
especial muito sinuosa e com armadilhas.”

Sem falhar nos pontos criticos da navegação do dia Ruben Faria mostrava-se
bastante satisfeito no regresso a Portimão, já depois dos 14 quilómetros da
especial da tarde, que realizou já com o pneu traseiro da sua moto bastante
desgastado.

“Estava quase careca, mas não fazia sentido trocar de pneu. Era uma especial
curta e era impossível de conseguir vencer com a minha moto. Por isso optei por
manter o mesmo pneu.”

Ruben Faria perdeu mais alguns segundos e despede-se amanhã das especiais
portuguesas num dia em que passará quase à porta de casa. “Vou sentir-me
bastante à vontade, mas não quero arriscar mesmo conhecendo o terreno. A corrida
para mim começa em Marrocos, onde a minha moto se vai sentir igualmente bastante
mais à vontade. Por isso a táctica vai ser a mesma. Controlar!”

Rui Miguel Belmonte


Informação e divulgação gratuita de
eventos e actividades dentro do espírito  TTVerdePT. 
Declinamos qualquer responsabilidade referente a elementos publicados e
que nos sejam disponibilizados por terceiros.