Elisabete Jacinto a caminho do seu 10º Dakar

Elisabete preparando o Dakar 2008

Com o sonho de regressar ao pódio, aos 43 anos de idade Elisabete Jacinto está prestes a iniciar a sua décima participação no Dakar.

A piloto portuguesa, famosa por ter vencido, em 2000, a Taça das Senhoras na competição das duas rodas e por, em 2004, ter conseguido levar o seu camião até ao Lac Rose, feito nunca antes alcançado por uma mulher, continua a não ter limites para as suas ambições desportivas.

Elisabete_Jacinto

Desde que em 2003 se envolveu na competição camião do mais duro rali do mundo, apenas três meses depois de ter obtido a respectiva licença, Elisabete Jacinto já venceu uma etapa do rali da Tunísia e triunfou, à geral, nos ralis Shamrock (2006) e de Marrocos (2007). No passada edição do Dakar terminou no 21º lugar absoluto, entre 80 concorrentes à partida e 59 à chegada, tendo terminado na sexta posição entre os camiões de produção. Um resultado que a piloto do Team Oleoban / MAN Portugal pretende melhorar na edição comemorativa dos 30 anos de Dakar.

“No ano passado participamos pela primeira vez com o MAN no Dakar. Penso que fizemos um excelente resultado e ao longo de toda prova a evolução foi notória. De então para cá fomos evoluindo a nossa máquina, participamos no Rali da Tunísia e no Rali de Marrocos e em ambos os casos conseguimos melhorar muito as nossas performances desportivas, tanto do camião, como da minha condução e ainda de um melhor entrosamento da equipa. Neste capítulo os progressos foram espectaculares e posso afirmar que me sinto melhor preparada do que nunca para enfrentar o Dakar, mesmo que ele seja tão difícil quanto se antevê. Com a criação de novas classes nos camiões que, para além da divisão entre mais e menos de 10 litros, os dividem agora em Super Produção e Produção, a minha meta é naturalmente muito mais ambiciosa e aponto para conseguir terminar entre os cinco primeiros do meu grupo. Chegar um dia ao pódio é o meu sonho” salienta Elisabete Jacinto.

No camião MAN do Team Oleoban MAN / Portugal, a piloto Elisabete Jacinto é acompanhada pelo experiente Álvaro Velhinho (navagador) e por Marco Cochinho (mecânico). A assistência é feita com o apoio de um MAN KAT T5 pilotado por Bruno Oliveira, que transporta Maximiano Bizarro (mecânico) e Jorge Gil, o director desportivo da equipa.




Pedro Barreiros

Fonte: A2 Comunicação

Email: pedro.barreiros@a2.com.pt 


Informação e divulgação gratuita de
eventos e actividades dentro do espírito  TTVerdePT. 
Declinamos qualquer responsabilidade referente a elementos publicados e
que nos sejam disponibilizados por terceiros.